Você sabe o que é exterogestação?

A exterogestação, ou gestação fora do útero, é uma teoria proposta pelo antropólogo Ashley Montagu que afirma que a gestação dura 12 meses, sendo que os últimos 3 acontecem fora do útero.

Esse primeiro trimestre é o tempo que o bebê precisa para se adaptar ao novo ambiente. E para que o bebê se sinta seguro e fique mais calmo é importante recriar ao máximo as sensações que ele tinha dentro do útero: bem enroladinho, na temperatura ideal, se alimentando em livre demanda e rodeado por um som baixinho semelhante a um chiado constante.

Na exterogestação o bebê é extremamente dependente da mãe porque, obviamente além de ser um recém-nascido, ele não estaria pronto para vir ao mundo.

Leia também sobre a importância do ritual nortuno para o bebê dormir tranquilo

Ruído branco e muito sling na exterogestação

Tem sido muito comum ouvirmos falar em ruído branco. É um aparelho que acalma o bebê justamente pelo fato de simular o som das artérias que ele ouviu durante os nove meses de gestação.

Dentro da barriga, onde ele vivia até então, era um ambiente apertado e quentinho, em que ele não presicava chorar para se alimentar e estava sempre protegido pela parede uterina. Utilizar sling traz essa sensação de conforto e proteção pro bebê.

Auxiliar o bebê nessa adaptação ao mundo novo é uma atitude humana e respeitosa, que ajuda no desenvolvimento do bebê e estreitamento de laços entre ele e a mãe.

Algumas dicas práticas para esse período transitório do bebê:

  • Usar sling para carregar o bebê e fazê-lo se sentir mais seguro. Isso é benéfico inclusive para as mães, que ficarão com as mãos livres para outras atividades;
  • Banho de ofurô na temperatura ideal é relaxante e deixa o bebê bem calminho já que recria o ambiente apertado e cercado de água morna que ele tinha dentro da barriga;
  • Ruído branco, sons de aspirador de pó, pássaros ou principalmente canções cantadas na voz da mamãe vão fazer com que o bebê fique mais feliz;
  • Usar o swaddle na hora de dormir já foi provado que prolonga os ciclos de sono do bebê, pois evitam espasmos involuntários que acabam por acordar o pequeno. Além de também deixá-lo quentinho e apertado.

Vocês já conheciam sobre a exterogestação? Conta aqui pra gente.


Esse texto foi escrito por Nórdico Ateliê (@nordicoatelie) para o Blog – Nórdico Ateliê e está protegido pela lei de direitos autorais nº 9.610, de 19 de fevereiro de 1998. Portanto é totalmente proibida a reprodução parcial ou total de textos e/ou imagens contidos nesse blog sem a devida autorização do autor.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s